Um bistrô aberto este ano no tradicional bairro do Cambuci, em São Paulo, tem tudo que os típicos estabelecimentos franceses costumam oferecer – cafés, bolos, massas, panquecas, quiches –, e um algo a mais. Esse ingrediente extra é a concretização do sonho de Jéssica Pereira, 25 anos, a dona do estabelecimento, que tem síndrome de Down.

Créditos: Reprodução

O bistrô de Jéssica Pereira emprega 4 funcionários com síndrome de Down

Jéssica sempre gostou de cozinhar, fez vários cursos de gastronomia, mas nunca teve uma oportunidade de trabalho neste ramo. Com o apoio da família e recursos que juntou ao longo de cinco anos em alguns empregos que teve em outras áreas, ela conseguiu se tornar uma empreendedora e abrir o próprio bistrô.

Além de poder trabalhar em um ritmo que atende as suas necessidades, Jéssica viu nesta nova jornada a chance de ajudar outras pessoas que enfrentam as mesmas dificuldades que ela. Os quatro funcionários do Bellatucci, nome do bistrô, também têm síndrome de Down e se revezam em dias e turnos diferentes.

No painel que decora a loja, uma mensagem que tem tudo a ver com o que ela representa: "Esse espaço é resultado de uma batalha por empoderamento, inclusão, respeito à minoria e superação de limites".

Jéssica está só começando e os planos não param. Ela agora pensa em dar outras funções ao espaço e abrigar apresentações de dança e teatro, exposições de arte e palestras de especialistas sobre assuntos relacionados à síndrome de Down.

Para quem quiser conhecer esse bistrô aconchegante e fruto de uma história tão especial, o Bellatucci fica na rua Hermínio Lemos, 372, no Cambuci, e abre de segunda à sexta-feira, das 8h às 18h, e aos sábados, das 9h às 14h.

Leia também: Jovem com Down vira empreendedor com marca de brigadeiro

Por QSocial